A Bela e a Fera juntos no Vogue Square

Matérias - dezembro de 2017

O que poderia juntar 1, 92 m de altura, orelhas deformadas e uma montanha de músculos, cicatrizes  e um rosto angelical com um leve sotaque? O que poderia juntar uma pessoa que passou a vida inteira levando socos e pontapés e que escapou de um grave atropelamento na infância a um ambiente requintado e luxuoso? O destino? Talvez. O acaso? Quem sabe? Para mim foi o amor. Quando entramos para entrevistar o novo casal empreendedor  da região Heaven Delhay e Rodrigo Minotauro que abriram há 3 meses o Bistrô Heaven no Espaço Gastronômico do Vogue Square, o que vimos foi a prova de que o amor existe e nele vem a dedicação e o carinho de exercer a profissão escolhida. Enquanto acompanhamos o campeão do UFC atendendo mesas, equilibrando pratos nas mãos enormes e perguntando se a sobremesa da mesa 10 já havia saído, vimos a Chef junto com sua mãe, a francesa Marie Jeanne Juliette finalizando um prato principal. Na ocasião, o pato confit de canard e magret de canard grelhado com champignon de Paris, mini batatas e cebolas douradas. O prato caiu tão bem na preferência de Minotauro que acabou com o estoque de 1 mês em uma semana junto com seu irmão, desfalcando a dispensa.  Muitos podem achar que um Bistrô deveria servir comida francesa e com preços altos. Podem se enganar. Ali, na verdade, faz-se jus ao significado exato de bistrô, cardápio com receitas de família, com o sabor da família a preços justos que podem partir de R$ 47 e ir à R$ 145 para duas pessoas. Nada muito longe que um casual dinner, como no  Outback.  O que poderia juntar 1, 92 m de altura, orelhas deformadas e uma montanha de músculos, cicatrizes  e um rosto angelical com um leve sotaque? O que poderia juntar uma pessoa que passou a vida inteira levando socos e pontapés e que escapou de um grave atropelamento na infância a um ambiente requintado e luxuoso? O destino? Talvez. O acaso? Quem sabe? Para mim foi o amor. Quando entramos para entrevistar o novo casal empreendedor  da região Heaven Delhay e Rodrigo Minotauro que abriram há 3 meses o Bistrô Heaven no Espaço Gastronômico do Vogue Square, o que vimos foi a prova de que o amor existe e nele vem a dedicação e o carinho de exercer a profissão escolhida. Enquanto acompanhamos o campeão do UFC atendendo mesas, equilibrando pratos nas mãos enormes e perguntando se a sobremesa da mesa 10 já havia saído, vimos a Chef junto com sua mãe, a francesa Marie Jeanne Juliette finalizando um prato principal. Na ocasião, o pato confit de canard e magret de canard grelhado com champignon de Paris, mini batatas e cebolas douradas. O prato caiu tão bem na preferência de Minotauro que acabou com o estoque de 1 mês em uma semana junto com seu irmão, desfalcando a dispensa.  Muitos podem achar que um Bistrô deveria servir comida francesa e com preços altos. Podem se enganar. Ali, na verdade, faz-se jus ao significado exato de bistrô, cardápio com receitas de família, com o sabor da família a preços justos que podem partir de R$ 47 e ir à R$ 145 para duas pessoas. Nada muito longe que um casual dinner, como no  Outback.   A decoração privilegia a iluminação baixa e com mesas enfeitadas por arranjos de flores.  No menu, a paleta de cordeiro, que é lentamente assada por seis horas com molho dèmi glacê e sementes de mostarda, carne de pato e pode ter também massas, peixes e até hambúrguer (com 230 gramas de carne, além das sobremesas como o Chamonix, marca da família e inspirada nos picos cobertos de neve de Chamonix, na França. O doce é um brownie de chocolate amargo coberto por creme com frutas secas e nozes, regado com calda quente de chocolate e conhaque. No You Tube tem vários vídeos de sua carreira precoce dando receitas em Florianópolis nos canais de televisão locais. Apesar da pouca idade, tem 32, os vídeos datam de 2010, até uma espécie de vanguarda dessa enxurrada de programas sobre gastronomia.  Fala campeão e avant mon Chef Heaven!

1)Rodrigo, eu imaginaria você abrir uma academia, um centro de treinamento ou qualquer outra atividade que fosse ligado ao seu meio ou ao cotiano desde que veio para o Rio, mas um restaurante?

R: Então, na verdade sou um sócio investidor mas que acredita no talento, não só da Heaven, como de seus pais que são do ramo. Ela conseguiu montar uma equipe muito boa e a gente tá sendo um sucesso.

2) A sua paixão por gastronomia é recente ou a participação no ‘Mais Você’ da Ana Maria,  o fez despertar, já cozinhava em casa? Não vem com essa história de macarrão não, hein?

R: (kkk) Não até que não. Estando fora até que me virava. Sou um admirador somente, e digamos um destreinado. Mas estando com ela me interesso pelo assunto e presto atenção.

3 ) No cardápio, foi elaborado pela Chef e pelo pai dela que foi dono de Bistrô ou alguma experiência sua de vida, algum restaurante que tenha ido no exterior o influenciou?

R: Não, tudo ela. É apaixonada e entendida na matéria. Alguns ela viu, mas em geral tá sempre pesquisando. Uma vez a gente foi a um restaurante em Las Vegas e a Heaven viu uma entrada num restaurante italiano e deu uma modificada. Até melhorou para ser sincero. Agora, o pato é uma receita da família já antiga e trouxe para cá pro Vogue.

 

4) Bom, nesse momento você está na China. Acredito que não vá trazer nenhuma receita né? Um cachorro, gafanhoto…Falando sério já provou isso por aí, essa gastronomia exótica?

R: Olha, sou bem viajado e não estranho muito isso não porque tem a ver com a cultura, com os costumes de uma região. Mas aqui vi um ovo feito em baixa temperatura saborosíssimo, mas vou ficar só dois dias. Para você ver que ela não para e tá sempre pesquisando, acabamos de entrar num restaurante com estrela da Michelin. Ela pediu para entrar na cozinha, ver o processo de cozimento das carnes e tudo mais. Ela tem muita paixão pelo que faz. Isso cativa.

5) Nesse tempo em que fiquei lhe aguardando no salão, você tirou fotos, recebeu pessoas, entregou pratos e isso é bem longe do seu universo, já aprendeu a fazer algum prato?

R: De jeito nenhum(kkk),sem chances. Deixa para Heaven e sua mãe que é a subchefe que estará em boas mãos. Somado a isso temos 4 chefes peruanos. O nosso ceviche é um espetáculo, você precisa provar.

 

R: kkk Foi sem querer. Estava gostoso e como bem. Nem senti. Não avisei a ela que tava pegando. Já passei da fase do pato, do cordeiro. Agora tô no ceviche. Estou encantado em fazer o leite de tigre que ajuda no cozimento  e na acidez dele. Quero aprender. Agora, deixa eu explicar melhor a história do pato. Quando abrimos, eu e meu irmão compramos duas caixas. Amamos o pato. Todo dia no almoço e no jantar dois monstros comendo pato, mas domingo o pato acabava. Marcou, né? O cordeiro é maravilhoso e daqui a pouco vão me proibir de comer também. Ele é feito com cuscuz marroquino banhado na banha de porco.

7) Casa de ferreiro, espeto de pau já dizia o ditado popular. A Chef cozinha para você?

 

R: Às vezes uma segunda feira, sim, mas prefiro fazê-la descansar e levá-la para jantar. Dar uma folga.

8) Ela já ensinou algum prato?

R: Sim!!Purê de batatas doce com queijo gratinado.(a Chef entra no conversa sorrindo)Heaven: Ficou bom, ótimo, ele é  excelente aluno!

9) Qual o melhor prato da Chef?

R: HEAVEN: O que o meu cliente pedir. Falo sério, faço para agradar a eles.

10)Parafraseando o ex-presidente Lula, nunca na história desse país teve tanto reality show de comida, vocês assistem  algum?

R: Minotauro: Não tenho muito tempo para assistir ao Master chef, mas gosto do Food Network aquele canal só sobre gastronomia.11)Pai português, mãe francesa, tem briga para escolher o vinho do jantar?R: Heaven: Minha mãe organizava, meu pai fazia um prato só mas detonava a cozinha. Ele, como bom português sempre dizia que o vinho dele era o melhor, mas a gente sempre tinha um francês para equilibrar as coisas em casa.( kkk)

SERVIÇOAv. Das Américas, 8585-VOGUE Square – Facebook @ Chez Heaven 98911 1953

Busca



Publicidade