Auto News

Harley lança novidades

Auto News - Matérias - novembro de 2018

Vai mudar tudo, e não é pouca coisa não. Por causa da queda nas vendas nos últimos cinco anos, a Harley Davidson se mexe mais uma vez e o foco são os novos consumidores, principalmente os jovens.
Mês passado a centenária fábrica de Milwaulkee apresentou nos EUA quatro importantes lançamentos fugindo das características iniciais da marca.
No pacote, virão uma elétrica, umas custom que substituirá a linha Sporster, uma naked e para o desespero dos harleiros de plantão, uma Bigtrail.
E chegam ao mercado em até quatro anos.
No lançamento, foi apresentado uma nova plataforma modular de motocicletas de 500cc a 1250cc, com três espaços de produtos distintos e quatro variações de cilindradas, começando com a primeira motocicleta Adventure Touring da empresa, a Harley-Davidson “Pan America 1250”. Haverá também outro modelo Custom de 1.250 cc e um terceiro no estilo “Streetfighter”,de 975cc, planejados para serem lançados entre 2020 e 2022.
A elétrica LiveWire, a primeira do tipo da fabricante, é aguardada para ser lançada já em 2019. O modelo apresentado também é um conceito e suas características finais podem sofrer alterações. Assim como a Pan America 1250, a LiveWire pode não estar disponível para todos os mercados.
A família topo de linha manteve o motor de 117 polegadas cúbicas, mas com algumas poucas alterações em relação à linha tradicional. Na questão de acabamento, motos ganharam mais personalidade.


A família touring em relação aos modelos tradicionais, ganhu o motor de 114 polegadas cúbicas e uma nova central multimídia BOOM Box GTS, com uma nova tela com Gorilla Glass, que diminui o reflexo. A tela, como na versão anterior, é sensível ao toque, mesmo com o uso de luvas (seca ou molhada).
Outra novidade na linha Touring foi a atualização do sistema de freios combinados – Reflex -, que agora conta com um controle de tração. Além disso, os modelos adoraram o Drag-torque Slip Control System (DSCS), que detecta um escorregamento excessivo da roda traseira em momento de desaceleração e faz o ajuste do torque do motor para combinar melhor a velocidade da roda traseira com a velocidade da estrada.
As Softails recebem novas combinações de cores, houve a apresentação da inédita FXDR 114. A nova power cruiser – primeiro modelo de uma nova geração de motos H-D – vem para ocupar o nicho deixado pela V-Rod. Trata-se de um modelo bem agressivo com suspensão invertida e filtro de ar baseado visualmente no utilizado na linha Screamin’ Eagle. Conta também com um novo sistema de escapamento 2-em-1 (abaixo). A imprensa especializada norte-americana que já testou o modelo e rasgou elogios ao desempenho da FXDR 114  testou o modelo e rasgou elogios ao desempenho. A FXDR será apresentada na linha 2019, alongada, com pneu traseiro de 240 mm, motor V2 de 1.868cc rendendo 16,4 kgf.m de torque.
A Bigtrail vem para brigar com as GS 1200 da BMW. Esse novo motor de 1250 cilindradas poderá render uma versão de 975 cc, além do seu quadro compartilhado com outro lançamento da fabricante e muito mais,
carenagem frontal e farol
para-brisas e protetores de mão,
proteção para o Off-Road,
assento plano e largo
esuspensões
e uma série de acessórios. O seu visual está sendo criticado por alguns e até sendo chamado de feio. A nova Pan America realmente não é lá um conceito de beleza, mas ela segue a linha de superdimensionada e imponente como as outras Harleys do mercado.
A fabricante afirma que olhou para o segmento e viu um enorme potencial de crescimento nos EUA, Europa e Oceania. Keith Wadell, marketing da Harley para Nova Zelândia e Austrália disse que “a beleza está nos olhos de quem vê” e com isso concorda que a moto de 1250 cilindradas parece “incrível”.
Tudo nessa moto é gigante, inclusive o tanque de combustível, algo crucial para motos aventureiras voltadas para as longas viagens.

Busca



Publicidade