Qualidade de Vida

Hérnia de Disco

Matérias - Qualidade de Vida - dezembro de 2018

 

A palavra “ hérnia ” vem do latim hernia , que significa ruptura . Assim, uma hérnia de disco ocorre quando uma parte do disco intervertebral , que é o material gelatinoso interposto entre cada vértebra da coluna , sofre uma ruptura e se desloca de sua posição normal , para uma posição indevida, causando compressão das raízes nervosas que se ramificam a partir da medula espinhal e que saem da coluna vertebral pelo orifício chamado de forame intervertebral Essa compressão da raiz nervosa é extremamente dolorosa, podendo estar acompanhada por dormência ou fraqueza nos braços ou nas pernas, na dependência da raiz envolvida . Por exemplo , se o disco localizado entre a quarta e a quinta vértebra lombar ( ou L4 e L5, respetivamente ) sofrer uma herniação, resultará na compressão da raiz de L5 , levando a um quadro de dor intensa , do tipo “queimação ”, além de alterações na sensibilidade e até perda de força na perna e no pé daquele lado ou até bilateralmente .
A maioria das hérnias discais ocorrem na coluna lombar e na coluna cervical , que são os segmentos mais móveis . Os exames de imagem por Ressonância magnética da coluna vertebral constituem hoje o exame de eleição para o diagnóstico das hérnias discais .
Os principais fatores de risco , levando em conta também a predisposição genética de cada indivíduo e as causas degenerativas, relacionam-se ao excesso de peso, a atividades que demandem esforço físico intenso , realização de movimentos repetitivos e sedentarismo.
O tratamento envolve sempre uma etapa inicial com repouso, analgesia ( incluindo anti-inflamatórios, analgesia opióide , relaxantes musculares ), acupuntura, para alívio das crises de dor, seguido por um trabalho de fisioterapia

A prevenção da formação de hérnias de disco pode ser feita através de exercícios que fortaleçam a musculatura paraespinhal, para sustentação da coluna, cuidados com a postura, sobretudo para aqueles que permanecem sentados por longos períodos, elevar objetos adequadamente e sobretudo manter o peso ideal para a altura.
Finalizando, é importante enfatizar que a maioria dos casos de hérnia de disco não necessitam de tratamento cirúrgico .
Em indivíduos assintomático , a presença de hérnias discais nos exames de imagem é um achado comum , sobretudo na população idosa , sem que haja prejuízo ao paciente .
Para avaliação e diagnóstico adequados, procure o especialista na área de atuação ( neurocirurgiões, cirurgiões de coluna ou ortopedistas).

Busca



Publicidade